Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Tipos de melasma: tudo o que você precisa saber!

Tipos de melasma: tudo o que você precisa saber!

Melasma é uma hiperpigmentação da pele que se concentra nos lábios, testa e bochechas e afeta mulheres entre 20 e 40 anos, principalmente. Mas você conhece os tipos de melasma?

Ao longo desse artigo, você entenderá mais sobre os tipos de melasma, bem como as principais causas. Por isso, se você quer saber mais, acompanhe!

O que é melasma?

Atividades ao ar livre, piscina, mar, a primavera e o verão nos convidam a passar muito mais tempo ao ar livre expondo a pele aos raios do sol, mas ao longo do tempo começamos a notar manchas escuras no rosto.

Preocupados, recorremos a um dermatologista e o diagnóstico é “melasma”.

Mas, o que é isso?

Melasma é uma doença de pele que causa hiperpigmentação. Geralmente afeta o rosto e o pescoço e, menos comumente, os braços e o decote.

Geralmente afeta mais mulheres do que homens, pessoas com pele mais escura e que se bronzeiam mais rapidamente, entre 20 e 40 anos.

O melasma é um problema cosmético e não é um sintoma de doença grave. Quando relacionado à gravidez é denominado “cloasma”.

Quais são os tipos de melasma?

De fato, existem 3 principais tipos de melasma:

  • Epidérmico: aparece na epiderme, a camada mais externa da pele. Tem uma cor castanha escura. Os tratamentos oferecidos são mais eficazes nesse tipo de melasma.
  • Dérmico: encontrado na derme. Pode variar na cor, do marrom ao azul.
  • Misto: o último tipo está na epiderme e na derme. É o mais comum. É caracterizado pela variedade da coloração da pele: azul, claro, marrom escuro.
tipos de melasma 1

Quais são as principais causas do melasma?

Sabemos que vários são os fatores que contribuem para o aparecimento da imperfeição:

Herança genética

40 em cada 100 pacientes com melasma têm alguém na família com a mesma mancha. Melasma é uma condição comum em grupos étnicos cujos ancestrais viviam em áreas expostas ao sol.

Dessa forma, seu corpo produz um excesso de melanina para proteger a pele dos efeitos nocivos do sol.

Raios ultravioletas

Os raios ultravioletas do sol ativam ou agravam o processo de pigmentação. Eles causam inflamação da pele que, consequentemente, desencadeia o melasma por meio da ativação da melanogênese.

Pílulas anticoncepcionais ou terapias hormonais

Os hormônios sexuais, como estrogênio e progesterona, desempenham um papel importante no desenvolvimento do problema. Eles podem desencadeá-lo ou agravá-lo, dependendo da sua dosagem.

Alguns medicamentos

Analgésicos, antifúngicos, antibióticos, diuréticos, medicamentos para pressão arterial, medicamentos antidiabéticos, medicamentos antimaláricos, etc. podem piorar o melasma.

O melasma pode ocorrer como uma resposta alérgica a medicamentos.

A reação alérgica aparece como uma mancha escura no corpo, que persiste até que a terapia seja interrompida. Alguns medicamentos causam fotossensibilidade, que pode ativar ou piorar o cloasma. Esse efeito colateral é mais evidente nas partes do corpo mais expostas ao sol.

Gravidez

Nosso corpo aumenta a produção de hormônios durante a gravidez e, portanto, o cloasma costuma ocorrer durante a gestação.

De fato, este é geralmente um problema temporário que tende há desaparecer um ano após o parto.

Mau funcionamento da tireoide

Em caso de aparência, recomenda-se um check-up da tireoide; vários estudos de pesquisa encontraram uma correlação entre essas duas patologias.

Importância de se proteger do sol

De fato, se você tem essa condição de pele, prefira protetores solares contendo zinco ou titânio, que formam uma barreira física contra os raios UVA e UVB e limitam sua exposição aos raios.

Chapéus de abas largas cobrem melhor o rosto do que um boné e, portanto, são uma opção melhor. Além disso, é recomendável usar outras roupas de proteção, como uma bandana multiuso que pode ser usada no pescoço ou na cabeça.

De fato, várias marcas oferecem atualmente máscaras com FPS para o rosto, que podem reduzir a exposição ao sol quando combinadas com protetor solar.

E é claro, você deve colocar protetor solar regularmente ao longo do dia.

tipos de melasma 2

Passo a passo para fazer uma maquiagem para esconder o melasma

Abaixo, eu preparei um passo a passo para ajudar na hora de fazer sua maquiagem com o objetivo de disfarçar essas manchas.

Passe o protetor

Sempre use FPS ao sair, pois o melasma pode piorar com a exposição ao sol. Isso não apenas evitará mais danos, mas ajudará a proteger as áreas afetadas da exposição solar prejudicial.

Passe o primer

Em seguida, escolha um primer que funcione melhor para o seu tipo de pele.

Escolha um base

Agora, se você deseja esconder o melasma, usar uma base de alta cobertura é uma boa ideia. No entanto, se você não se sentir confortável com isso, ainda pode usar uma base de cobertura leve a média e combiná-la com ocultação localizada das manchas.

Use um corretivo

Em seguida, use um corretivo luminescente para iluminar e equilibrar as áreas afetadas.

Aplique o pó

Isso é opcional, mas se você gosta de um pouco de pó para configuração na sua zona T, use um que seja adequado ao seu tipo de pele.

Aplique o Blush

Aplique um blush para adicionar cor.

Em seguida, você pode proceder com sua maquiagem normal, aplicando um batom e um rímel para realçar os olhos.

Dessa forma, ao disfarçar e esconder, você pode conseguir uma base perfeita e cobrir facilmente as manchas marrons causadas pelo melasma.

Gostou de saber mais sobre os tipos de melasma? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Tipos de melasma: tudo o que você precisa saber! apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você