Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Pele flácida: conheça as causas e os locais onde ocorre

Pele flácida: conheça as causas e os locais onde ocorre

A pele flácida é um dos sinais de envelhecimento da pele e das estruturas subcutâneas. Com o tempo, a pele torna-se mais fina, seca e perde elasticidade por vários motivos fisiológicos e externos.  

De fata, a flacidez da pele pode ser observada em diferentes partes do corpo, no rosto, mas também no corpo, principalmente nos braços e no estômago.

Em resumo, firmar a pele e recuperar os volumes perdidos tornaram-se os objetivos principais para um bom número de pacientes, aos quais os dermatologistas em particular vêm tentando responder há vários anos.

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre a pele flácida, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Quais são as causas da pele flácida?

As causas da flacidez da pele são múltiplas, mas estão principalmente ligadas a fatores fisiológicos internos ligados ao processo de amadurecimento e estresse oxidativo, mas também a fatores externos agravantes, como tabagismo, gravidez, exposição ao sol, etc.

Vamos ver com mais detalhes as causas da pele flácida:

Deterioração das fibras de colágeno

De fato, o colágeno é uma proteína que contribui para a boa saúde e vitalidade de nossa pele. Conforme amadurecemos, o teor de fibras de colágeno diminui: nosso corpo tem cada vez mais dificuldade em relançar a síntese de colágeno, o que garante um bom tônus ​​do tecido.

Além disso, sensível a certas enzimas ativadas pelos raios ultravioletas, o colágeno se deteriora e seu conteúdo na derme diminui gradativamente. A pele perde gradualmente a firmeza: cede e relaxa.

Redução das fibras elásticas

Localizadas nos tecidos conjuntivos e produzidas pelos fibroblastos, as fibras elásticas compostas por elastina desempenham um papel importante na qualidade da pele. De fato, se o colágeno tem ação sobre a firmeza do tecido cutâneo, a missão deste é garantir sua elasticidade.

As fibras de elastina podem ser afetadas pelo famoso fenômeno da glicação (ali o açúcar se acumula, alterando, como o colágeno, seu bom funcionamento e sua produção em quantidade suficiente).

pele flacida 1

Degradação e perda de ácido hialurônico

Em resumo, o ácido hialurônico, naturalmente presente no organismo, contribui para a coesão e hidratação dos tecidos. A partir dos 30 anos, seu conteúdo em nosso corpo diminui gradualmente.

Fora, ajuda a manter a hidratação necessária para combater o envelhecimento da pele. Além disso, a perda progressiva de ácido hialurônico contribui para a perda de volume do tecido e, consequentemente, para a flacidez da pele.

Uma má circulação sanguínea.

O amadurecimento é geralmente acompanhado por uma desaceleração da circulação sanguínea. A oxigenação dos tecidos é, portanto, muito menos eficiente, promovendo a perda de elasticidade dos tecidos da pele.

Mudanças hormonais

O nível de sangue dos vários hormônios (testosterona, estrogênio, progesterona, etc.) necessários para o funcionamento adequado dos tecidos diminui com o passar dos anos.

Isso é ainda mais evidente nas mulheres que estão na menopausa, quando o nível de estrogênio cai repentinamente. A pele “murcha”, as rugas aparecem e se aprofundam.

Gravidez

Durante a gravidez, o tecido da pele fica muito distendido, principalmente no estômago. Se a pele se caracteriza por sua alta capacidade elástica, pode, no entanto, manter uma aparência enrugada e flácida, mesmo após o parto.

Exposição ao sol

O foto envelhecimento contribui com o envelhecimento precoce da pele. Em causa, são os raios ultravioleta que irão alterar o DNA das células que constituem a pele, em particular os fibroblastos. A produção de colágeno e elastina diminui, a pele seca e fica menos firme.

Fumo e álcool

O envelhecimento da pele é acelerado pelo tabaco. Estudos mostram que mais de 200.000 radicais livres são liberados com cada tragada de um cigarro. Eles vão alterar a própria estrutura da pele, modificando a atividade das proteínas responsáveis ​​pela renovação das células da pele.

O consumo de álcool também promove o envelhecimento precoce do rosto e do corpo, principalmente pela desidratação que induz.

Uma dieta pobre

Uma dieta pobre em antioxidantes e ácidos graxos essenciais pode causar o aparecimento prematuro de rugas e a pele flácida.

Perda de peso

A perda de peso rápida e significativa pode afetar a qualidade da pele. A perda de gordura durante a dieta (desaparecimento dos adipócitos), associada à falta de elasticidade da pele, pode causar flacidez.

Frequentemente uma fonte de complexos significativos, a pele é distendida, flácida e macia, especialmente na região abdominal.

Partes do corpo frequentemente afetadas pela flacidez da pele

De fato, a flacidez da pele é particularmente notável em áreas importantes do rosto e do corpo.

Barriga

Em resumo, quer seja causado pelo envelhecimento da pele, gravidez ou perda de peso rápida e significativa, a área abdominal é frequentemente afetada pela flacidez da pele. Observe que isso pode resultar em diferentes aspectos estéticos.

A pele pode ser flácida e macia ao toque, com presença de gordura subcutânea. Em outros casos, a flacidez da pele pode resultar em uma aparência enrugada da pele. Isso é especialmente perceptível em pessoas de certas idades.

Rosto

Em síntese, a perda de gordura e músculo, aliada à ação da gravidade, promove a flacidez da pele do rosto. Concretamente, isso resulta em uma perda de definição do oval da face, com o aparecimento de papadas, pálpebras caídas ou mesmo de papada.

Pescoço

De fato, o tecido da pele do pescoço é frágil e com baixo teor de gordura. Com a idade, essa área costuma ser afetada pela falta de tônus ​​do tecido causando o aparecimento de pequenas dobras cutâneas, dando à pele um aspecto enrugado.

Braços e parte interna das coxas

Em síntese, a pele nos braços e coxas pode ser esticada por uma perda significativa de peso ou simplesmente causada pelo envelhecimento da pele após a menopausa.

Gostou de saber mais sobre a pele flácida? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Bem estar e autocuidado na sua caixa de entrada.

O post Pele flácida: conheça as causas e os locais onde ocorre apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você

LANÇAMENTO

Sérum Iluminador Facial

R$ 134,90