Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Olheiras pigmentadas: tudo o que você precisa saber!

Olheiras pigmentadas: tudo o que você precisa saber!

Não existe idade para ter olheiras pigmentadas, mas o problema se agrava com o tempo, com a velhice, o cansaço, o estresse e um estilo de vida ruim. Felizmente, existem soluções terapêuticas para melhorar o contorno dos olhos, minimizando essas olheiras.

Para ajudar você a entender mais sobre as olheiras pigmentadas, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Quais são os diferentes tipos de olheiras e suas causas?

Resultado de múltiplos fatores, as olheiras são um problema cosmético muito comum, principalmente em mulheres, que se manifesta pela descoloração e / ou congestão da pálpebra inferior.

Costumamos falar sobre fadiga e estresse, mas essas não são as únicas causas do aparecimento das olheiras.

Os anéis vasculares são devidos à disfunção da microcirculação sanguínea e do fluido linfático no olho. As linfas proporcionam drenagem sanguínea, boa circulação e nutrem o tecido cutâneo.

Quando o sistema linfático está danificado, ele não elimina mais adequadamente os pigmentos do sangue, que se acumulam para formar uma massa sob as camadas mais finas da pele.

Essa disfunção é ainda mais comum com a idade ou, como costumamos ouvir, em um estado de fadiga ou estresse.

O pigmento ou olheiras pigmentadas são o resultado da superprodução ou distribuição inadequada da melanina, que é responsável pela cor da pele.

A epiderme e a derme são muito finas no olho, então qualquer excesso de pigmento se torna muito fácil de ver. Essas olheiras tendem a aparecer com mais frequência em pessoas com pele escura ou mista.

Saiba como reconhecê-las

Círculos vasculares, olheiras? É difícil dizer a diferença. Porém, é importante saber diferenciá-los para tratá-los melhor! Então aqui vai uma dica para identificar seu tipo de olheira:

Com a maquiagem removida, com a ponta dos dedos, puxe delicadamente a pálpebra inferior para o lado para realçar a cor.

  • Se o seu anel é mais azul / roxo, é um anel vascular ligado à congestão dos vasos linfáticos e vasculares.
  • Se o anel for escuro, castanho / preto, é devido a uma acumulação localizada de pigmentos. É, portanto, um anel pigmentar.

Prevenção

As olheiras podem, portanto, aparecer por várias razões, ser permanentes ou manifestarem-se apenas em determinados períodos.

De qualquer forma, mesmo que não devam ser um problema a ser eliminado a qualquer custo, e não seja necessário borrifar o rosto com maquiagem para cobri-las, é bom tentar entender porque os temos e seguir alguns cuidados.

Para identificar quaisquer aspectos do corpo e do organismo que as olheiras nos sinalizam.

olheiras pigmentadas 1

Dicas para diminuir as olheiras pigmentadas

1. Cuide da nutrição

Como em qualquer outra área do corpo e da pele, a nutrição é uma das melhores aliadas para o bem-estar. Comer bem também significa sentir-se bem e, consequentemente, também combater as olheiras e outras manchas faciais.

Este não é um remédio imediato, mas uma jornada lenta e constante. Uma dieta nutritiva é essencial para melhorar a aparência da pele e o bem-estar de todo o organismo.

A dieta deve ser rica em alimentos antioxidantes, como frutas e vegetais, produtos integrais, fibras, proteínas e as chamadas gorduras “boas”, incluindo, por exemplo, peixe branco e frutas secas. Esses alimentos ajudam a combater o envelhecimento celular e a melhorar a aparência da pele.

2. Descanse

Fadiga, estresse e sono não estão entre as causas das olheiras, mas certamente ajudam a enfatizá-las. Portanto, uma dica importante a seguir é dormir bem  

Significa não só melhorar a quantidade de sono, que deve ser de pelo menos 7 a 8 horas por noite, mas também a qualidade do sono, para estar verdadeiramente descansada.

Para fazer isso, você pode seguir alguns cuidados. Primeiro, é preferível dormir em horários predefinidos sempre que possível. Além disso, esse período de descanso deve ser feito durante a noite. e não ao longo do dia, afim de não causar alterações no ciclo circadiano.

Também ajuda fazer jantares leves para não “pesar” no estômago antes de dormir, evitar café e álcool, relaxar antes de dormir, ler, fazer ioga ou tomar banho quente.

Desligue os dispositivos eletrônicos e use o modo noturno em seu telefone e evite cochilos diurnos quando não for necessário.

3. Estilo de vida saudável

Em geral, um estilo de vida saudável é a base para o bem-estar do corpo, rosto e, consequentemente, para atenuar as olheiras.

Como vimos, isso se traduz em uma dieta adequada, o descanso certo, mas também em outros hábitos. A atividade física regular é essencial para melhorar e ter resultados.

Além disso, é melhor evitar ou diminuir a ingestão de substâncias como café, álcool, alimentos muito salgados e gordurosos.

Fumar é um dos piores inimigos das olheiras, tanto ativas quanto passivas. E também os transtornos alimentares, devido ao colesterol alto ou ao açúcar no sangue.

olheiras pigmentadas 2

4. Remédios naturais

Depois de adotar um estilo de vida mais saudável, existem remédios naturais para remover as olheiras. Trata-se principalmente de compressas feitas com água e substâncias que se mostraram eficazes.

Altamente recomendados são os pepinos que, aplicados nos olhos por alguns minutos, ajudam a reduzir as olheiras graças às suas propriedades nutricionais e antioxidantes.

Da mesma forma, ao colocar fatias de batata nos olhos, suas proteínas funcionam nutrindo a pele e eliminando a cor escura.

A camomila também faz um bom trabalho: basta mergulhar algumas almofadas de algodão em uma infusão à base dessas flores deixadas para esfriar e aplicá-las nos olhos.

Sua ação descongestionante ajuda não só a esvaziar as bolsas, mas também a absorver qualquer inflamação e inchaço devido às olheiras e preveni-los. Curiosamente, até o café e o chá verde ajudam naturalmente a melhorar os olhos.

Gostou de saber mais sobre as olheiras pigmentadas? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Olheiras pigmentadas: tudo o que você precisa saber! apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você

LANÇAMENTO

Sérum Iluminador Facial

R$ 134,90