Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta

Menopausa tardia: por que acontece e o que significa

Muitas mulheres ficam preocupadas em relação à menopausa tardia, imaginando as consequências que pode gerar em seus corpos.

Existem aqueles casos em que a menopausa pode ocorrer antes ou até mesmo depois da média geral de idade para o fenômeno acontecer. E você vai entender que isso é mais comum do que se imagina!

A menopausa tardia pode sim estar relacionada com alguns problemas de saúde, como por exemplo o câncer de mama, a endometriose ou o câncer nos ovários. Porém, ela pode siplesmente significar que o período fértil da mulher é mais extenso do que a média.

O grande destaque na menopausa tardia

Por um lado, a menopausa tardia tende a acontecer com mulheres que tenham maior propensão ao desenvolvimento do câncer de mama e de ovário. Ela não traz somente estes riscos, mas uma série de outros fatores relacionados à genética e ao estilo de vida da mulher.

Por outro lado, as mulheres que passam pela menopausa com uma idade mais avançada têm menos chances de desenvolverem doenças cardiovasculares.

Além disso, mulheres com menopausa tardia têm menores incidências de problemas ósseos causados pela falta de cálcio, que é comum nesse período. Assim, elas possuem ossos mais fortes, e, consequentemente, menores chances de desenvolverem osteoporose.

Outro fato é que, para aquelas mulheres que iniciam seu processo menopausa tardiamente e que são diagnosticadas com câncer de mama (se constatado no início), tem maiores chances de se recuperar completamente sem que haja sequelas. Ou seja, a menopausa tardia pode ajudar no diagnóstico precoce.

A menopausa e a produção de hormônios

Desde muito novas, as mulheres começam a produzir hormônios em seu corpo. Essa produção hormonal muda de uma fase da vida para a outra. Conforme as mulheres envelhecem, por exemplo, a produção hormonal diminui, dando início ao processo da menopausa.

Portanto, a menopausa seria basicamente a pausa na produção dos hormônios femininos (essenciais para o ciclo menstrual que, por sua vez, possibilita a gravidez).

Alguns estudos científicos mostram que mulheres que tiveram a primeira menstruação com mais de 12 anos têm maiores chances de ter a menopausa tardia e, em sua maioria, boa saúde. O ciclo menstrual e a maioria das mudanças no corpo das mulheres são, portanto, causados pelos hormônios e suas variações.

As mudanças causadas pela menopausa

Os sintomas da menopausa começam a aparecer antes de ela começar de fato e, por isso, podem ser confundidos com o climatério. A desregulação da menstruação e uma sensação de elevação da temperatura do corpo podem ocorrer, conhecida como fogacho.

menopausa tardia 1

Outras alterações, como incontinência urinária, podem acompanhar a menopausa. É um período de muitas mudanças e, por isso, deve ser bem compreendido.

Algumas mulheres têm os sintomas muito mais acentuados, mas existem algumas formas de tratamento para que se possa amenizá-los. Uma delas é o tratamento de reposição hormonal.

A reposição horonal não é recomendada por muitos especialistas, uma vez que alguns estudos científicos mostraram a correlação entre este tratamento e a incidência de câncer de mama e ovários. Além dissom, existem remédios caseiros para a menopausa, mais simples e menos arriscados.

O ideal é que, ao se considerar qualquer tipo de tratamento, exista o acompanhamento médico especializado, ok?

A variação das características na menopausa

Como dissemos, cada corpo é um corpo: existe a menopausa precoce assim como a menopausa tardia. Cada pessoa passará por esse período de acordo com as características e condições de seu corpo. E tudo bem!

Por causa disso, destacamos a importância do acompanhamento médico, visto que o profissional saberá informar da melhor forma como está sua situação hormonal e ajudá-la a lidar com ela da melhor forma possível.

Alguns organismos têm sintomas mais fortes da menopausa, enquanto outros podem apresentar sintomas mais brandos. Existem mulheres que passam pela menopausa mais cedo e outras, mais tarde.

A importância do auto cuidado

Cuidar da saúde, alimentação e praticar atividades físicas é algo importante em relação aos cuidados durante a menopausa, já que estes hábitos interferem na sua qualidade geral de vida, não somente ao passar pela menopausa.

menopausa tardia 2

Ter um acompanhamento médico faz com que, quando a menopausa chegue, você esteja bem preparada. Assim, você saberá identificar e lidar melhor com os principais sintomas e características desta mudança hormonal.

No geral, quanto melhor cuidamos do nosso corpo, mais brandos serão os efeitos das mudanças hormonais.

Conclusão sobre a menopausa tardia

A menopausa tardia é mais comum do que se imagina. Então, se você estiver passando por isso, não se desespere.

É importante que, independente do estágio hormonal, você busque acompanhamento especialista, pois eles podem esclarecer suas principais dúvidas.

Em conclusão, procure sempre se cuidar e ter bons hábitos. Com menopausa tardia ou não, faça acompanhamento e saiba como agir da melhor forma com as mudanças do seu corpo.

O post Menopausa tardia: por que acontece e o que significa apareceu primeiro em Evi.