Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta

Menopausa dá tontura? Descubra os sintomas desse período!

Ondas de calor, mudanças de humor e ganho de peso. Este é o destino de algumas mulheres que se aproximam da menopausa. Ainda, muitas mulheres sentem tontura, mas a pergunta que fica: menopausa dá tontura?

Para ajudar você a entender mais se a menopausa dá tontura, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Hormônios em queda

Toda mulher tem, desde o nascimento, um suprimento limitado de células reprodutivas em seus ovários. Quando esse estoque de óvulos se esgota, os ovários param de funcionar, o que causa a menopausa.

Os hormônios produzidos pelos ovários, especialmente o estrogênio e a progesterona, diminuem gradualmente. É essa diminuição que induz os sintomas da perimenopausa. Embora as chances sejam baixas, é possível engravidar nessa época, pois a reserva ovariana ainda não se esgotou.

Para compreender os sintomas da perimenopausa, deve-se examinar o papel dos hormônios femininos.

Os estrogênios estão envolvidos em vários locais do nosso corpo. Contribuem com a regulação do calor corporal, lubrificação da vagina e elasticidade da pele, e também desempenham um papel importante na manutenção da densidade óssea, ajudando a fixar o cálcio. Atuam na distribuição da gordura pelo corpo, favorecendo sua fixação ao nível dos quadris.

Quando esses hormônios diminuem, todos esses mecanismos são interrompidos. Encontramos então as famosas ondas de calor, secura vaginal, mudança na textura da pele, osteoporose e ganho de peso na barriga.

A perimenopausa, ou seja, o período correspondente aos anos antes da transição da menopausa, é possivelmente o período mais perturbador por sua variedade fenomenal de sintomas.

Geralmente são de ordem “vasomotora”: relacionam-se à contração e relaxamento dos vasos sanguíneos. Estamos falando aqui sobre:

Mas então, a menopausa dá tontura?

Existem três tipos de tontura que podem surgir repentinamente durante a perimenopausa: a sensação de que tudo está balançando ou girando ao seu redor, a perda de equilíbrio ou a sensação de que você está prestes a desmaiar.

O que isso tem a ver com a menopausa, você poderia dizer? Bem, embora o sintoma seja bem reconhecido e real, sua lógica não é totalmente clara.

É provável que a tontura seja causada diretamente por alterações nos hormônios. Os hormônios reprodutivos têm um efeito marcante sobre a pressão sanguínea, cujas flutuações podem causar tonturas e vertigens.

Também é possível que outros sintomas da perimenopausa possam causar tonturas indiretamente: ondas de calor intensas, ansiedade e estresse, por exemplo. A causa raiz, entretanto, continua sendo as flutuações hormonais e seus efeitos nos vasos sanguíneos.

Tenha cuidado, pois também é possível que a tontura não tenha nada a ver com a menopausa e seja causada por um problema de saúde completamente diferente.

Uma infecção de ouvido, distúrbios de açúcar no sangue, pressão arterial baixa, um problema de fígado, falta de ferro, desidratação ou até mesmo um vírus podem causar tonturas. Consulte um médico para descobrir a causa.

Quais são as soluções?

Além de mover-se com a mão na parede por precaução, medidas muito simples podem evitar certas armadilhas:

As ervas calmantes também podem ser úteis não apenas para dormir bem, mas também para aliviar a ansiedade e o estresse. O maracujá é um excelente tônico para os nervos. Pode ser uma opção para lidar melhor com nervosismo, insônia, irritabilidade e inquietação.

Pode levar muito tempo, mas eventualmente todos nós vemos uma clareira no horizonte; 12 meses após o fim, quando a menopausa está completa, esses sintomas finalmente desaparecem. Isso melhora muito a qualidade de vida.

menopausa dá tontura 2

Viva melhor com seus sintomas

Mas não entre em pânico! Essa experiência difícil não é um pré-requisito para a perimenopausa. Tudo depende de fatores ambientais e genéticos.

Algumas mulheres nem percebem que estão passando pela perimenopausa. E para quem vivencia uma ou mais manifestações físicas ou psicológicas, existem formas de vivenciar melhor esse período.

Um estilo de vida saudável pode reduzir alguns sintomas. Por exemplo: evite tabaco, álcool e pratos apimentados, que promovem ondas de calor. E pratique esportes regularmente, a prátia vai ajudar na manutenção do peso e fortalecer o esqueleto.

Finalmente, para ajudar a controlar o estresse e a ansiedade, a meditação, a hipnose ou a acupuntura podem ser úteis.

Do lado da medicação, várias opções podem ser oferecidas. A medicina herbária pode, em alguns casos, aliviar os sintomas.

Existem também hormônios de reposição, mas a relação risco-benefício deve ser mantida em mente neste caso. O tratamento hormonal pode, em alguns casos, aumentar o risco de câncer de mama.

É necessário um controle para determinar a possível presença de contraindicações, e o paciente será acompanhado durante todo o tratamento.

Mas a melhor forma de vivenciar melhor esse período é conversando sobre ele. Este é um fenômeno perfeitamente comum e que não deve causar vergonha nem isolamento.

Seja com amigas, um psicoterapeuta ou por meio de sessões informativas de algumas instituições, a discussão permite que a perimenopausa seja vista com gentileza e aceitação.

Gostou de saber mais se a menopausa dá tontura? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Menopausa dá tontura? Descubra os sintomas desse período! apareceu primeiro em Evi.