Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Dermocosméticos: o que são e qual a sua importância

Dermocosméticos: o que são e qual a sua importância

Esteja você indo a uma farmácia ou folheando uma revista de moda e beleza feminina, uma coisa é certa, você encontrará algo sobre dermocosméticos. Mas o que exatamente é um produto dermocosmético?

Para ajudar você a entender mais sobre os dermocosméticos, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Da saúde à beleza

A palavra dermocosmetica vem do encontro entre cosmética e dermatologia, é o elo entre beleza e saúde.

Hoje entendemos muito melhor como a pele reage às agressões externas como o sol ou a poluição. Sabemos mais sobre o processo de amadurecimento, o aparecimento de rugas e problemas de pele.

O avanço do conhecimento e a crescente demanda por produtos realmente eficazes têm favorecido o desenvolvimento e a distribuição de produtos antes reservados ao mundo médico.

Quais produtos podem ser definidos como dermocosméticos?

Para se qualificar como um dermocosmético, um produto deve conter ingredientes ativos cuja eficácia em um problema específico tenha sido estabelecida em laboratório por meio de testes rigorosos.

Os cosméticos para a pele são especialmente formulados para ajudar a pele a recuperar sua saúde. Protegem contra as múltiplas agressões da vida moderna e garantem o envelhecimento natural da pele da melhor forma possível.

Agem em profundidade

Os produtos dermocosméticos atuam em profundidade. Para melhor representar seu funcionamento, é necessário saber que a pele é composta por três camadas:

  • A epiderme
  • A derme
  • E a hipoderme.

Os produtos dermocosméticos são compostos por moléculas finas que penetram na derme, ou seja, na camada intermediária da pele. É nesta profundidade que um creme terá o maior impacto para:

  • Corrigir problemas existentes
  • Proteger a integridade do tecido da pele
  • Evitar o aparecimento de sinais do tempo, como rugas.

E quanto a produtos baratos?

Um produto ruim não terá os mesmos ingredientes ativos e não atenderá aos requisitos médicos. Você pode economizar dinheiro, mas provavelmente não obterá os resultados esperados.

Na dermocosmética existe uma relação direta entre o tipo de pele e o produto a ser utilizado. De fato, nem todos os cremes são adequados para todas as pessoas.

dermocosmeticos 1

Para que são usados ​​os dermocosméticos?

Um produto cosmético é: “uma substância diversa dos medicamentos, destinada a ser aplicada na superfície externa do corpo humano, com a finalidade exclusiva ou prevalente de limpar, perfumar, modificar a aparência, corrigir odores corporais, proteger ou manter em bom estado”.

Portanto, não têm atividade farmacológica ou terapêutica. Então, se não têm atividade farmacológica ou terapêutica, por que os recomendamos para melhorar as dermatoses?

Porque os dermocosméticos têm algumas propriedades particulares em comparação com os cosméticos “comuns”.

Um hidratante para pele atópica ou para pessoas que sofrem de alergias de contato é um creme cujos ingredientes foram estudados e formulados para atender a essas necessidades específicas.

Esses cremes particulares (ou soros ou géis), antes de chegarem às prateleiras da venda, passaram por uma série infinita de verificações, exames laboratoriais, realizados por especialistas em cosmetologistas, biólogos e farmacêuticos.

Na formulação desses produtos, atenção particular é dada precisamente porque eles se dirigem a peles específicas.

Estão, por exemplo, sem níquel ou sem conservantes, ou contêm fragrâncias particulares que não são responsáveis ​​por alergias, ou nem as contêm.

Metade beleza, metade remédio

Os dermocosméticos devem, portanto, ser considerados um meio termo entre cosméticos e medicamentos, por isso é necessário que esses produtos sejam seguros e que sua produção e venda sejam regulamentadas por lei.

Em todo o mundo, há diversos organismos que estão preparados para cuidar da segurança dos dermocosméticos.

Esses organismos estudam cerca de 600 substâncias mais comumente usadas em cosméticos e as classificam em categorias.

Os ingredientes utilizados devem constar no rótulo da caixa do dermocosmético (experimente verificar o frasco do seu creme dental ou do seu xampu).

Infelizmente estes nomes não são muito fáceis de distinguir e compreender (mesmo que a nomenclatura  INCI –  Nomenclatura Internacional de Ingredientes para Cosméticos  seja a mesma em todo o mundo).

Contudo, o farmacêutico os conhece bem. Para a sua segurança e de sua família, verifique com seu farmacêutico de confiança o que os ingredientes significam.

dermocosmeticos

Mas, qual é a diferença entre cosméticos e dermocosméticos?

Vou tentar resumir para você:

  • Cosméticos: arte que usa os meios e descobertas da ciência moderna para curar a beleza do rosto e dos membros, principalmente femininos, corrigindo imperfeições naturais e tentando evitar os efeitos inevitáveis ​​da idade.
  • Dermocosméticos: é uma área da cosmética que lida com soluções para a pele que apresentam um nível de formulação mais complexo e maiores concentrações de princípios ativos.

Dessa forma, os dermocosméticos são desenvolvidos em laboratórios certificados por experientes pesquisadores do setor químico-farmacológico.

Os produtos dermocosméticos combinam substâncias cosméticas em ingredientes farmacêuticos para o tratamento da pele do rosto, corpo ou couro cabeludo.

Eles não substituem o medicamento, mas apoiam terapias dermatológicas ou farmacológicas para manter boas condições da pele ou para restaurar a pele alterada por fatores externos ou internos (acne, vermelhidão, manchas, dermatite) ao normal.

Esses produtos passam por inúmeros controles, testes de laboratório conduzidos por cosmetologistas, biólogos e farmacêuticos.

Em muitos casos, eles são testados clinicamente antes de serem colocados no mercado e isso é sinônimo de segurança. São produtos formulados com princípios ativos, muitas vezes de origem natural, que levam a melhores resultados em menos tempo.

Gostou de saber mais sobre os dermocosméticos? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Dermocosméticos: o que são e qual a sua importância apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você

LANÇAMENTO

Sérum Iluminador Facial

R$ 121,40