Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta

Cruelty free: o que é e o que isso significa de fato?

Hoje em dia, muitos produtos de beleza têm o apelo de serem cruelty free, mas o que exatamente isso significa?

Sabe-se que existe uma lei em várias partes do mundo que proíbe os testes em animais em relação aos ingredientes usados ​​pelas empresas cosméticas, mas juntos há um símbolo que certifica o produto como cruelty free. Porque? Existem marcas que não sejam cruelty free, apesar da regulamentação?

De fato, mesmo sem ser necessariamente vegano ou ativista particularmente comprometida, você pode evitar o uso de produtos testados em animais ou, em qualquer caso, compatíveis com o padrão “livre de crueldade”.

Ao longo desse artigo, você entenderá mais sobre o significado de cruelty free e o que tudo isso implica. Quer saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Como são os testes em animais?

Então, vamos começar com a teoria.

Os testes em animais para ingredientes cosméticos são invasivos e, de acordo com algumas fontes, podem ser letais. Esses são testes relacionados à toxicidade que podem ser administrados por toda a vida do animal ou durante a gravidez para testar se há danos.

Ou seja, os animais são usados no experimento para saber se o cosmético pode ou não causar danos a ele e, consequentemente, aos humanos.

Por que escolher produtos 100% veganos e sem crueldade?

Muitos consumidores se perguntam se os produtos que aplicam na pele todos os dias contêm ingredientes de origem animal. A maioria de nós sabe que muitos produtos de beleza e corporais também foram testados em animais.

Você pode se surpreender: se o rótulo do seu sabonete ou de qualquer outro produto corporal não disser que é vegano ou vegetariano, provavelmente contém subprodutos animais.

Como você reconhece marcas de produtos de beleza cruelty free? Quais são confiáveis? Como você, como consumidor, pode tomar uma decisão informada sobre seus produtos de saúde e beleza favoritos?

Para tornar mais fácil para você, ao longo desse artigo eu trarei mais informações sobre o assunto!

cruelty free 1

Qual é a diferença entre vegan e cruelty free?

Existem dois critérios essenciais a serem considerados ao procurar produtos de cuidado corporal que respeitem o bem-estar animal:

1) Vegan: O produto contém ingredientes de origem animal?

Um produto vegano não contém ingredientes de origem animal, o que significa que nenhum de seus ingredientes é derivado de pele, osso ou carne animal e que não contém ovos ou laticínios.

Por exemplo, muitos produtos de limpeza para a pele contêm ácido esteárico, um ingrediente que pode ser feito de gordura animal. Muitos produtos de beleza também contêm cera, um ingrediente feito pelas nossas amigas abelhas.

2) Cruelty Free: A marca testa seus produtos em animais?

Um produto livre de crueldade nunca foi testado em animais. Em outras palavras, nunca foi ingerido ou inalado por um animal, nem aplicado na pele de um animal para verificar se é seguro para humanos.

Os fabricantes de produtos cruelty free usam métodos alternativos para descobrir se um produto é seguro. Por exemplo, eles o testam em tecido humano dissecado ou, melhor ainda, usam ingredientes que sabidamente são seguros para nós.

O que são testes em animais?

Muitas pessoas acreditam erroneamente que, se um produto não for testado em animais, pode ser prejudicial aos seres humanos. Contudo, nunca é necessário testar um produto em um animal.

Pelo contrário, é sempre possível recorrer a métodos alternativos, como modelos teóricos ou tecnologia de células vegetais.

No entanto, testes de produtos e seus ingredientes continuam sendo feitos em camundongos, coelhos, ratos, cães e gatos.

Às vezes, o produto é aplicado diretamente na pele de um animal por vários dias. O animal é então sacrificado e dissecado para ver se seus órgãos foram danificados.  

Por isso, é fundamental escolher cosméticos cruelty free para que assim, essa rotina de testes animais possa ser reduzida ao máximo.

cruelty free 2

Teste em animais, é necessário?

A Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos não exige que os fabricantes de cosméticos testem seus ingredientes ou produtos em animais para provar que são seguros.

No Canadá, a Food and Drugs Act vai na mesma direção, não há menção à necessidade de testes de segurança em animais.

De fato, no momento, apenas a China exige que todos os produtos cosméticos vendidos em lojas de varejo em todo o país sejam testados em animais. No entanto, esta lei não se aplica a produtos vendidos por meio de plataformas online e sites de comércio eletrônico.

Na União Europeia, Índia, Israel, Nova Zelândia, Turquia e Reino Unido, agora é ilegal testar cosméticos em animais.

O Canadá e os Estados Unidos têm uma estrutura regulatória em vigor para proteger o bem-estar de animais de experimentação, mas como ainda não baniram a prática, ela continua.

No Brasil, ainda há a pratica. Contudo, eu acredito que, com uma conscientização cada vez maior da população brasileira, essa prática logo será cada vez menos utilizada.

Gostou de saber mais sobre o significado de cruelty free? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Cruelty free: o que é e o que isso significa de fato? apareceu primeiro em Evi.