Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Climatério: o que é e quais são os primeiros sintomas?

Climatério: o que é e quais são os primeiros sintomas?

A flutuação hormonal que antecede na menopausa provoca toda uma série de sintomas que são mais ou menos acentuados dependendo da pessoa. Esse período é chamado de climatério.

Para ajudar você a entender mais sobre como o climatério funciona, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que é climatério?

O período de transição para a menopausa, conhecido como climatério, é caracterizado por uma série de mudanças no corpo como um todo.

Alguns podem ser bastante desagradáveis ​​e difíceis de lidar. Vamos ver um pouco mais sobre os sintomas ao longo do artigo.

Com que idade o climatério pode começar?

Apenas 5% das mulheres vêem seus períodos desaparecerem repentinamente, sem sinais de aviso. Para outros, as flutuações hormonais começam na casa dos 40 anos, dando início a um período de instabilidade que pode durar de alguns meses a seis ou sete anos. Na maioria das vezes, o período leva entre três e cinco anos.

Primeiro sinal do climatério? Os ciclos estão se tornando irregulares. Começam encurtando, por exemplo, de 28 para 25 dias.

Por que isso acontece? Ao nascer, toda mulher tem um estoque limitado de folículos, pequenos sacos contendo um óvulo. Durante o período fértil, os ovários secretam estrogênio, o que causa a expulsão de um óvulo fertilizável a cada mês.

Então, pelos quatorze dias seguintes, o folículo produz progesterona para preparar o revestimento uterino para uma possível gravidez. Na ausência de um bebê, essa membrana mucosa extra é eliminada: isso é a menstrauação.

À medida que a menopausa se aproxima, os poucos folículos que restam permitem que os ovários secretem algum estrogênio, mas em uma dose que às vezes é insuficiente para desencadear uma ovulação eficiente.

Nesse caso, não há mais produção de progesterona, daí o aparecimento de mudanças ligados ao excesso relativo de estrogênio em relação à progesterona.

climaterio 1

Quais são os sintomas do climatério?

Períodos irregulares

Antes do início da menopausa, o ciclo menstrual começa a mostrar sinais de interrupção. Pode ficar muito mais longo ou mais curto do que o normal e desaparecer de vez em quando.

O sangramento pode ser mais intenso ou mais leve. Não é de surpreender que a dor pré-menstrual também possa se tornar mais intensa.

Ganho de peso

De fato, os níveis de estrogênio caem, a resistência à insulina diminui, o metabolismo enfraquece e o estresse aumenta. Todos esses fatores promovem ganho de peso em mulheres no climatério.

Mudanças de humor

Durante esta fase, você pode se tornar mais sensível aos níveis de irritabilidade, tristeza, ansiedade e estresse. As oscilações de humor associadas ao climatério e menopausa são atribuídas a flutuações hormonais e, em particular, a um desequilíbrio nos níveis de serotonina.

Libido e secura

De fato, à medida que a produção de estrogênio ou testosterona diminui, as paredes vaginais se tornam mais finas e menos lubrificadas.

O resultado: relação sexual dolorosa e vulnerabilidade a infecções. Entre outras coisas, essas alterações hormonais podem influenciar a libido, que pode aumentar ou diminuir.

Sono e fadiga

As ondas de calor e os suores noturnos podem ter um impacto negativo na qualidade do sono durante o climatério e a menopausa.

Essa situação geralmente é agravada pelo estresse. As mulheres podem, portanto, sofrer regularmente de fadiga e perda de memória devido à má qualidade do sono.

Pele e cabelo

O ressecamento causado pelas oscilações hormonais pode afetar os cabelos, que quebram com mais facilidade, assim como as unhas. A pele mostra as alterações mais visíveis, com aumento de rugas, acne , pêlos no corpo e manchas.

O ganho de peso é inevitável?

Entre 45 e 55 anos, oito em cada dez mulheres ganham peso: 7 kg, em média. Isso porque, na maioria das vezes, o consumo básico de energia diminui, enquanto o apetite permanece inalterado.

Dessa forma, a prevenção consiste em ingerir menos calorias e praticar exercícios físicos com regularidade.

Por outro lado, a gordura ajuda a produzir uma pequena quantidade de estrogênio.

Ainda precisamos de contracepção?

Mesmo que a fertilidade caia seriamente após os 45 anos, a gravidez ainda é possível até que a menstruação pare.

Uma mulher que não fuma e não tem fatores de risco cardiovascular pode, em teoria, continuar a tomar estrogênio-progestogênio (pílula ou implante) até a menopausa. Isso também permitirá que ela passe os anos antes dela sem muitos problemas em relação a esse processo.

Mas, na prática, os ginecologistas relutam em prescrever anticoncepcionais por tanto tempo, cujos efeitos negativos aumentam com o passar dos anos.

Às vezes, é possível tomar uma pílula só de progestogênio com dosagem única (sem estrogênio). Além disso, há outras soluções: a inserção de um DIU ou do preservativo.

climaterio 2

O que fazer para melhorar os sintomas?

De fato, não existe um segredo para melhorar os sintomas do climatério. Como já citei ao longo do artigo, cada mulher irá sentir de uma forma diferente esse período da vida.

Por isso, não há como prescrever algo para melhorar os sintomas que funcione para todas.

A melhor coisa a fazer é manter um estilo de vida saudável e limitar fontes de estresse e o consumo de álcool sempre que possível.

Gostou de saber mais sobre o climatério? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Climatério: o que é e quais são os primeiros sintomas? apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você