Black November com até R$ 145 OFF! Confira aqui
Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Antioxidantes: quais são suas funções na pele? GUIA COMPLETO

Antioxidantes: quais são suas funções na pele? GUIA COMPLETO

Quando se trata de cuidados com a pele, algumas palavras-chave são destacadas. Alguns delas são antioxidantes, radicais livres e estresse oxidativo.

Mas o que exatamente esses termos significam? E como isso afeta sua pele?

Ao longo desse artigo, eu ajudarei você a entender mais sobre essas substâncias e qual a relação com a sua pele. Quer saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo1

Um pequeno resumo…

Para entender sobre a interação de antioxidantes, radicais livres e estresse oxidativo, devemos mergulhar em nossos processos metabólicos.

Metabolismo não significa apenas a digestão da aveia do café da manhã, mas todas as conversões químicas e físicas de substâncias no corpo. Esses processos são executados sem parar, em todos os lugares.

Eles transformam oxigênio, gorduras, proteínas, etc. em produtos finais úteis. Isso também resulta em produtos intermediários, incluindo radicais livres.

Esses são pequenas substâncias agressivas. Como parte do sistema imunológico, eles descarregam suas agressões sobre os intrusos. Torna-se problemático quando eles saem do controle. Em seguida, eles fazem seu mal nos blocos de construção do próprio corpo.

Se um número incomumente grande de radicais livres atacar seu próprio corpo, fala-se de estresse oxidativo. Os antioxidantes é que quebram essas substâncias. Por isso, são tão importantes.

Afinal, o que são radicais livres?

Os radicais livres são moléculas de oxigênio, ou seja, são minúsculos compostos de vários átomos que não estão completamente completos. Ele tem um elétron desemparelhado que está agudamente procurando por um parceiro.

Eles são tudo menos exigentes e apenas pegam a próxima coisa perto.

O elétron ausente é simplesmente arrancado em outro lugar. Não faz diferença para o radical livre se ele é vítima de um vírus hostil, um ácido graxo ou uma célula saudável do corpo.

A molécula atacada, por sua vez, libera seus próprios radicais livres. Isso desencadeia uma reação em cadeia que fica fora de controle sem as contramedidas adequadas. Se essas moléculas de oxigênio agressivas saem do controle, falamos de estresse oxidativo. 

Como o estresse oxidativo afeta a pele?

Hoje em dia a nossa pele está exposta aos radicais livres quase sem parar, infelizmente. Como resultado, o estresse oxidativo causa danos da barreira protetora externa para as camadas inferiores da pele. Acelera o envelhecimento da pele e promove doenças de pele.

  • Morte celular: quando os radicais livres arrancam elétrons da membrana de células saudáveis ​​da pele, isso pode alterar o metabolismo celular e destruí-la por dentro.
  • Lipídios: Eles atacam as gorduras que são urgentemente necessários para a função protetora da pele. Sem um suprimento suficiente, a barreira da pele não pode se regenerar com eficácia.
  • Proteínas: O estresse oxidativo leva à degradação da queratina, elastina e colágeno. Sem essas proteínas “que dão espaço”, a pele perde sua plenitude e elasticidade.
  • Doenças: o estresse oxidativo também desencadeia reações metabólicas fora das células, que podem desencadear doenças de pele.

Resumindo, tem vários efeitos danosos na pele: impede a regeneração, destrói células saudáveis ​​e põe em movimento processos degenerativos. Mas quando e por que esse estresse sai do controle?

O que cria um número particularmente grande de radicais livres

Os radicais livres são formados pelo corpo como um produto metabólico normal. No entanto, essa produção pode ser bastante acelerada por influências externas.

Isso é especialmente verdadeiro quando o corpo precisa neutralizar poluentes, por exemplo, do ar ou da fumaça de cigarro.

De acordo com estudos, cerca de cem vezes mais radicais livres do que as células do corpo são produzidos quando você inspira fumaça de cigarro.

Mas outros fatores também impulsionam a formação de radicais livres. Os mais importantes são:

  • Radiação UV
  • Estresse mental
  • Esporte competitivo
  • Pesticidas, metais pesados, etc. que ingerimos com nossos alimentos
  • Mas também drogas

Claro que temos que comer, queremos ver o sol, e se precisar de remédio, por favor, não pare por causa dos radicais livres! Definitivamente, não quero proibir você de fazer exercícios.

Apenas uma quantidade saudável é importante aqui, então comece devagar, não se sobrecarregue e combine o treinamento com uma dieta saudável.

Em resumo, agora que você já conhece os fatores, preste atenção especial em contrabalançar o estresse oxidativo com antioxidantes.

Então, o que são antioxidantes?

Cada história precisa de um herói e aqui estão os antioxidantes. Entramos em cena: o estresse oxidativo é galopante. Células e moléculas saudáveis ​​se veem cercadas por radicais livres.

Eles têm como alvo seus elétrons, sem os quais não podem funcionar. Mas aí vem a salvação! Os antioxidantes se misturam e curam os radicais livres, liberando seus próprios elétrons. Isso é uma redução da escalada em nível molecular. 

Assim, os catadores radicais se separam em parte de sua própria estrutura. Eles são projetados de forma que isso seja particularmente fácil de fazer.

Há outra característica especial: enquanto as moléculas normais se radicalizam depois que seus elétrons são roubados, os antioxidantes continuam a funcionar. Então, você também interrompe a reação em cadeia destrutiva.

Em resumo, os radicais livres, a partir de então, voluntariamente compartilham seus elétrons com a molécula quebrada e interrompem a reação em cadeia do estresse oxidativo.

antioxidantes 1

Proteção contra oxidação usando o exemplo da maçã

O trabalho dos antioxidantes pode ser muito bem ilustrado em uma maçã. Você sabe: você corta uma maçã e, assim que as superfícies cortadas entram em contato com o oxigênio, ficam marrons. Essa é a reação de defesa da maçã. Suas enzimas e flavonoides imediatamente formam uma equipe de defesa. 

Bem, isso não torna exatamente a maçã mais apetitosa. Mas se você derramar suco de limão sobre ele, a defesa enzimática torna-se supérflua. Agora está protegida por antioxidantes, também conhecidos como vitamina C, e a polpa mantém sua cor fresca.

Acredito que esse exemplo é perfeito para você entender como os antioxidantes funcionam no corpo em relação aos radicais livres. Contudo, se houver alguma dúvida, basta deixar nos comentários.

De onde você tira os antioxidantes?

O exemplo da maçã e do limão já mostra: Os alimentos são um fornecedor muito importante de antioxidantes. Muitos deles são vitaminas, especialmente as vitaminas C e E. Mas os pigmentos vegetais, como os carotenoides, também estão incluídos.

Em resumo, os antioxidantes são particularmente abundantes em frutas e vegetais frescos. Alguns tipos de frutas, em particular, estão cheios até a borda com antioxidantes. O limão mereceu, com razão, seu lugar como superalimento a muito tempo.

Uma vez que muitas vitaminas são destruídas durante o cozimento, frutas frescas e crus são fontes particularmente boas.

Se você estiver processando-as em um smoothie, por exemplo, não deve deixá-lo parado por muito tempo. Porque algumas vitaminas, incluindo a vitamina C, são solúveis em água.

Em qualquer caso, é melhor comer alimentos frescos e saudáveis ​​do que engolir suplementos alimentares e comprimidos de vitaminas. Dessa forma, você tem certeza de que está consumindo uma boa dose de antioxidantes.

Antioxidantes para a pele

Alguns ingredientes cosméticos também têm efeito antioxidante, especialmente para a pele. Eles evitam danos por oxidação exatamente onde são aplicados.

Além das vitaminas, esses ingredientes também incluem óleos essenciais e óleos vegetais. Em contraste com os óleos minerais, os óleos naturais contêm antioxidantes que os impedem de ficar rançosos. 

Mas as vitaminas também podem ser aplicadas topicamente na pele. Seu efeito é muito semelhante ao nosso exemplo da maçã. Por exemplo, você pode usar a vitamina E junto com o óleo de jojoba resistente à oxidação. Com essa combinação, sua pele recebe uma dose extra de proteção contra a oxidação e torna a receita mais durável no geral.

Então você se beneficia de cosméticos com antioxidantes por mais tempo

Como o oxigênio ou a luz ultravioleta podem desencadear a oxidação, é importante armazenar os cosméticos corretamente.

Para que fique protegido da luz, do calor e do ar. Portanto, é melhor armazenar cremes e demais opções em um local escuro, seu armário com espelho é ideal para isso. Além disso, certifique-se de abrir o frasco e a garrafa apenas brevemente e, em seguida, fechá-la bem novamente. 

É por isso que que você deve armazenar seus produtos em frascos de vidro azul e não em vidro translúcido e transparente.

antioxidantes 2

Conclusão: viva de forma saudável e cuide-se naturalmente

O estresse oxidativo acelera o envelhecimento da pele e pode promover doenças, incluindo doenças de pele. Portanto, neutralizar isso é importante não apenas para a sua saúde geral, mas também para a sua pele em particular.

Não pode ser completamente evitado porque os radicais livres são cada vez mais gerados por muitas influências externas.

O que você pode fazer para compensar esse estresse é dar um bom suprimento de antioxidantes para compensar. Interiormente e exteriormente.

Aqui estão algumas dicas para isso:

  • Coloque muitas frutas e vegetais frescos no menu
  • Apoie a pele com cosméticos naturais com antioxidantes
  • Exercite-se, mas não exagere
  • Não fume
  • Não se estresse

Ao aplicar essas pequenas dicas em seu dia a dia, você poderá melhor e, muito, seu suprimento de antioxidantes.

Gostou de saber mais sobre os antioxidantes? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

O post Antioxidantes: quais são suas funções na pele? GUIA COMPLETO apareceu primeiro em Evi.

Você também pode gostar

Recomendado para você

BLACK NOVEMBER

Sérum Iluminador Facial

R$ 99,90