Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Carregando...

Seu pedido

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail de cadastro, você receberá as instruções para criar uma nova senha.

Outras opções
Já tenho cadastro Criar uma nova conta

Criar uma nova conta

Acesse seus pedidos e gerencie seus dados.

Já tem uma conta
Acessar minha conta
Acne adulta: o que é e quais os principais motivos?

Acne adulta: o que é e quais os principais motivos?

 

Acne é uma doença de pele bastante comum e que afeta a maioria dos jovens durante a adolescência. Contudo, às vezes a acne pode persistir ao longo dos anos, na forma de acne adulta.

Mas é um tipo diferente de acne daquele das adolescentes? Quais são as soluções para superar a acne tardia? Vamos ver tudo sobre isso em nosso artigo de hoje.

O que é a acne adulta?

Se a acne afeta um em cada dois adolescentes entre 13 e 20 anos, ela ainda afeta quase 35% das mulheres com 30 a 39 anos e, portanto, não é incomum.

No entanto, a acne que ocorre em pessoas com mais de 30 anos, especialmente mulheres, é diferente daquela observada na adolescência. Na verdade, é caracterizado por:

  • Espinhas inflamatórias profundas;
  • Poucos cravos;
  • Uma evolução por surtos;
  • Espinhas que se concentram principalmente na parte inferior da face (queixo e contorno da boca).

Em geral, essa acne adulta pode durar até os cinquenta anos.

Embora as mulheres sejam mais propensas à acne devido à menstruação e variações hormonais relacionadas ao ciclo, existem vários outros fatores que podem promover a acne na idade adulta. Por isso, é importante saber identificá-los.

acne adulta 1

Fatores que favorecem a acne adulta

Nutrição, poluentes, cuidados agressivos com a pele e estresse são alguns dos fatores mais significativos. Vamos ver em detalhas os principais fatores que favorecem a acne adulta:

Hormônios

Nas mulheres, o ciclo menstrual pode influenciar as lesões de acne, sendo que foi descoberta uma ligação entre progesterona, estrogênio e acne.

Esta é a razão pela qual as flutuações hormonais associadas a diferentes períodos do ciclo (ovulação, síndrome pré-menstrual) podem ter um efeito direto no aparecimento de espinhas inflamatórias.

De acordo com um estudo, o ataque de acne adulta está associado à síndrome pré-menstrual em 78% dos casos. Além disso, as pessoas que fazem tratamento hormonal (esteroides, testosterona) são mais propensas a acne do que outras.

Os métodos contraceptivos prescritos para você podem contribuir com o aparecimento da acne e, portanto, ser inadequados para o seu corpo. Não hesite em perguntar ao seu ginecologista sobre o assunto.

Estresse

O estresse tem muito a ver com a pele. Quando você está estressado, o hormônio cortisol é produzido em grandes quantidades.

Se o cortisol permanecer alto no corpo por longos períodos de tempo, ele estimula as glândulas suprarrenais e aumenta a produção de andrógenos.

Esses hormônios, chamados “masculinos” (mas presentes em mulheres e homens) promovem diretamente a produção de sebo e, portanto, tornam a pele mais oleosa. É um terreno fértil para cravos, poros dilatados, pele brilhante e espinhas.

De fato, quanto mais maduras ficamos, mais tempo esse hormônio permanece em nosso corpo. É por isso que a acne adulta pode, facil e frequentemente, estar associada ao estresse.

Comida

Um estudo publicado no Journal of the American Academy of Dermatology indica que o leite contém hormônios naturais e que estes últimos fazem com que as glândulas sebáceas produzam mais sebo.

Assim, um pouco de genética favorável a manchas e um consumo regular de leite podem levar à presença recorrente de brilho e espinhas.

Por isso, é necessário optar por uma alimentação balanceada, nem muito gordurosa nem muito doce, evitando o consumo excessivo de álcool e tabaco.

Poluição

Sem ser um gatilho para o aparecimento de acne, a poluição (partículas, poeira, gases de escapamento, etc.) contribui para o entupimento dos poros e pode ser um fator agravante.

Dessa forma, recomenda-se limpar cuidadosamente a pele todas as noites com produtos adequados, de forma a desobstruir os poros e deixar a pele respirar.

Vale lembrar que ter acne na adolescência não significa ter acne adulta. Mais que isso, problemas de acne tardia são mais frequentemente observados em mulheres que não sofreram de acne juvenil.

acne adulta 2

Como tratar a acne adulta?

Usar pouca maquiagem

Sim, sim, você leu certo. Quando ficamos com espinhas no rosto, não demoramos dois segundos para correr desesperadamente até a nossa melhor base de maquiagem para as cobrir o máximo possível.

De fato, é um grande truque disfarçá-las quando elas nos incomodam. Mas se o que queremos é evitar que apareçam, é melhor não abusar da maquiagem.

Isso porque a maquiagem pode obstruir os poros da pele, impedindo-a de respirar e resultando no aparecimento de mais espinhas. Por isso, opte sempre por cosméticos que tenham propriedades hidratantes.

Não use as mãos

Evite tocar espinhas ou cravos com as mãos, elas podem dar orige à outras cicatrizes.

Se você tentar remover as espinhas com as mãos, não apenas irritará a pele, mas também poderá transmitir algumas bactérias e causar infecções. Não se esqueça!

Relaxe!

Está mais do que provado que o estresse e a ansiedade influenciam o envelhecimento da pele e o aparecimento de impurezas.

É uma missão quase impossível esquecer um pouco as preocupações do trabalho e da família, que ocupam um lugar de destaque na sua vida?

Por mais ocupada que você esteja, tente dedicar 5 minutos do seu tempo para relaxar. Algumas opções são banhos quentes, exercícios de meditação e de yoga ou yoga hormonal.

Mantenha seu rosto limpo e hidratado

Mencionamos por último, mas provavelmente é uma das dicas mais importantes. Manter o rosto limpo é vital por si só, mas se você tem acne adulta, é ainda mais importante.

Limpar o rosto todos os dias ajuda a remover impurezas, células mortas e o excesso de óleo da superfície da pele. Não se esqueça do hidratante, que minimizará a descamação e o ressecamento da derme. Existem até hidratantes faciais caseiros que você mesma pode fazer e manter sua pele saudável!

Gostou de saber mais sobre a acne adulta? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Você também pode gostar

Recomendado para você