Frete grátis para todo o Brasil e 30 dias para reembolso

Ácido hialurônico: tudo o que você precisa saber!

 

Novos estudos comprovam: o ácido hialurônico ameniza as rugas. Além disso, atua como reservatório de água e proporciona elasticidade. Mas cuidado – o tamanho certo da molécula é crucial.

Para obter o melhor efeito, o ácido hialurônico pode ser combinado com outros ingredientes ativos. Aqui você pode descobrir como essa molécula age e quais são os benefícios para a pele.

O que é ácido hialurônico?

De fato, essa é uma substância ocorre naturalmente no corpo. É uma parte importante de vários tipos de tecido conjuntivo. O ácido hialurônico é particularmente caracterizado pelo fato de que pode se ligar a grandes quantidades de água. Em síntese, um grama da substância liga até 6 litros de água!

De fato, essa substância combinada com a água forma um material semelhante a um gel que tem uma grande variedade de funções no corpo.

Além disso, o ácido hialurônico é o principal componente de nosso fluido sinovial e, como lubrificante, garante que nossas articulações permaneçam estáveis, mesmo sob grande tensão.

Praticamente não há alergias ou efeitos colaterais ao ácido hialurônico. Porque este ingrediente ativo é endógeno e conhecido pelo corpo. O melhor exemplo de tolerância são os colírios com essa substância, que acalmam os olhos da coceira e vermelhidão.

Como o ácido hialurônico é usado em cosméticos?

Essa substância possui vários tamanhos diferentes. Grosso modo, podemos diferenciar entre 2 tamanhos moleculares: de alto peso molecular e de baixo peso molecular.

Ácido hialurônico de alto peso molecular

Ácido hialurônico de baixo peso molecular 

Ácido oligo-hialurônico: o menor da classe

* kD significa kilodaltons. Dalton descreve a massa molecular do ácido hialurônico e provou ser útil ao especificar o tamanho.

Ácido hialurônico de alto peso molecular – fica na pele

Este tipo de ácido hialurônico é a maior variante. Consiste em moléculas com tamanho de 1.500 kD e não podem penetrar na barreira da pele.

Porém, ao evaporar, forma um filme com a queratina da pele, que hidrata a pele e melhora sua elasticidade.

Infelizmente, a pele é lavada com relativa rapidez, de modo que não há efeito real a longo prazo. Contudo, essa substância de alto peso molecular tem propriedades anti-inflamatórias. Portanto, é muito nutritivo e benéfico.

Ácido hialurônico de baixo peso molecular – é absorvido pela pele

Este ácido hialurônico pode ser absorvido pela pele. Consiste em moléculas com tamanho de 50 kD e garante que a água seja armazenada no tecido conjuntivo da pele.

A hidratação adicional não só torna a pele mais gorda e firme, mas também reduz visivelmente as rugas. Ao usar essa substância de baixo peso molecular, a umidade é armazenada na pele por um longo prazo.

Portanto, tem mais vantagens e, acima de tudo, um efeito mais duradouro.

Ácido oligo-hialurônico – penetra mais profundamente na pele

É assim que se chama o menor ácido hialurônico. Moléculas de cadeia extremamente curta são usadas neste tipo. Eles são muitas vezes menores do que o ácido hialurônico de baixo peso molecular convencional.

Em resumo, quanto menor o tamanho molecular do ácido hialurônico, mais profundamente ele pode penetrar na pele.

Todos os tipos dessa substância são benéficos para a pele. Contudo, uma mistura de todos os tipos é, portanto, a melhor escolha. No entanto, essa substância de baixo peso molecular deve sempre constituir a maior parte – isso porque, o efeito de longo prazo conta cada vez mais.

acido hialuronico 1

Deficiência de ácido hialurônico

Infelizmente, a quantidade de ácido hialurônico no corpo diminui com a idade. As articulações indicam que essa substância está deixando o líquido sinovial.

Acima de tudo, a pele perde umidade e elasticidade com o teor dessa substância cada vez mais baixo. Como resultado, podem aparecer rugas.

Se a pele receber essa substância repetidamente por um longo período, ela se tornará mais hidratada e as rugas serão reduzidas. No entanto, em minha opinião, o ácido hialurônico não é milagroso. Só pode desenvolver todo o seu efeito em combinação com uma forte barreira cutânea.

Uma barreira de pele forte: não funciona sem ela

Muitos dos soros e cremes de ácido hialurônico no mercado são muito úteis a curto prazo. Se a barreira da pele for fraca, no entanto, o efeito desaparece assim que a aplicação é interrompida.

Fortalecer a camada de barreira é, portanto, essencial para a hidratação da pele a longo prazo. Esta é a única maneira de evitar a perda excessiva de umidade. Mesmo o melhor produto com essa substância só ajuda em uma extensão limitada com uma barreira de pele fraca.

Ácido hialurônico em cuidados com os olhos

Como já mencionado, essa substância é muito adequado para o cuidado dos olhos. No entanto, a pele fina ao redor dos olhos, em particular, precisa de ingredientes ativos adicionais que garantam que a umidade permaneça na pele a longo prazo.

Portanto, um creme para os olhos deve ser formulado de uma forma particularmente equilibrada.

Além do ácido hialurônico, é aconselhável o uso de agentes de reforço de barreira. Outros hidratantes, como glicerina e substâncias contendo lipídios, como manteiga de karité, também são particularmente importantes. Isso garante que a umidade seja retida na pele.

Rugas: esses ingredientes ativos também ajudam

O ácido hialurônico demonstrou ser eficaz, mas de forma alguma é o único ingrediente ativo com um forte efeito anti-envelhecimento.

Para amenizar rugas a longo prazo, também é recomendado a vitamina A e vitamina C. Esses ingredientes ativos estimulam a formação de colágeno – a base para uma pele saudável.

Além disso, o fornecimento de diversos antioxidantes é de grande importância no combate ao envelhecimento precoce da pele.

A vitamina E é um antioxidante bem conhecido que não deve faltar em nenhum creme. Além disso, a coenzima Q10 captura os radicais livres e atua contra o estresse oxidativo.

Também existem antioxidantes extremamente potentes no mundo das plantas. O resveratrol da uva é conhecido como a molécula da longevidade. A astaxantina de algas vermelhas é considerada o antioxidante mais potente do mundo.

Em resumo, o melhor creme combina vários ajudantes. Contudo, você não deve temer o amadurecimento, muito pelo contrário. É um processo completamente natural!

Contudo, é claro que você, como mulher, deseja se sentir bem em todas as fases da vida. É essa a nossa intenção. Ajudar você a ser sua melhor versão!

Não é obrigatório usar essas substâncias ou algo do gênero, apenas saiba que elas são uma opção caso faça sentido para você.

Portanto, escolha seus produtos com base em evidencias claras da ciência. Não busque por milagres, eles não existem!

Quais são os usos na medicina?

Devido às suas propriedades de ligação à umidade, essa substância é quase um produto versátil que também é indispensável na medicina e na farmácia.

Já relatei ao longo desse artigo os benefícios que pode fazer em nossa pele. Mas essa substância pode fazer mais. Como coadjuvante e ingrediente ativo, faz parte de vários medicamentos.

De fato, essa substância está contida em colírios e sprays nasais, por exemplo. Nesses produtos, o ácido hialurônico hidrata os olhos e as mucosas e tem efeito calmante.

Além disso, essa substância é usada em ortopedia porque é um componente natural das articulações e da cartilagem. Dessa forma, as injeções de ácido hialurônico melhoram a capacidade de deslizamento das articulações. Isso pode aliviar os sintomas da osteoartrite.

Ou seja, ao contrário do que a grande maioria pensa, o ácido hialurônico não é apenas uma substância presente em vários cosméticos. Ela é essencial para tratar doenças e alegias.

acido hialuronico 2

Conclusão

Como você pode ver, essa substância ocorre naturalmente no corpo e, portanto, quase não tem efeitos colaterais. Ele se liga a grandes quantidades de água e pode, assim, regular o teor de umidade da pele.

Qual dessas substâncias funciona melhor? O seguinte se aplica muito claramente: quanto menor, melhor!

Enquanto o ácido hialurônico de alto peso molecular permanece na pele, o ácido hialurônico de baixo peso molecular pode penetrar mais profundamente na pele e desenvolver um efeito de longo prazo. Para obter todos os efeitos positivos, no entanto, é aconselhável combinar os dois tamanhos.

Visto que essa substância é um hidratante, a barreira da pele também deve ser construída para que a umidade não evapore novamente muito rapidamente.

Dessa forma, linhas finas e rugas podem ser cuidadas. É justamente por isso que essa substância está presente em tantos produtos anti-envelhecimento.

Gostou de saber mais sobre o ácido hialurônico? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!